Main Menu

Conheça a Fema

NaturaEstudantes da Fema conhecem a Natura

Após tour na empresa de cosméticos, os alunos seguiram para a Bovespa

Escrito por Silvio Moura

Assessoria de Comunicação Fema

 

Recentemente, alunos dos cursos de Administração e de Ciências Contábeis da Fundação Educacional do Munícipio de Assis estiveram na fábrica da Natura, em Cajamar, região metropolitana de São Paulo.

Cerca de 50 estudantes foram recebidos pela empresa de cosméticos na manhã de 19 de agosto. Em tour guiado, o grupo passeou pelas estruturas da companhia que, além da fábrica, conta com diversas outras áreas com centro esportivo, creche, posto de saúde e praça de alimentação.

“É uma estrutura inimaginável”, diz a professora Daniele Camargo que, ao lado dos professores Ivantuil Antunes dos Santos e Valquíria Batista Bueno, supervisionou a ida da Fema pela primeira vez à companhia. “Vimos o processo de fabricação e armazenamento dos produtos, as matérias-primas, a preocupação sustentável da empresa. Todos nós adoramos a visita”.

Fundada em 1969, a Natura é umas das principais do setor de cosméticos do Brasil, com presença na América Latina e Europa. A fábrica, em Cajamar, conta com 3 mil funcionários e foi projetada com conceitos arquitetônicos que priorizam a sustentabilidade e o convívio em equipe. Além disso, a marca tem mais de 1 milhão de consultores em todo o país.

“As estruturas organizacionais modernas seguem uma tendência em que elas se apresentam cada vez mais condensadas. Apostam em alta tecnologia e inovação e se mantém com um quadro reduzido de funcionários se compararmos com o volume do que é produzido. São estruturas compactadas, mas com excelência”, explica o professor mestre João Carlos da Silva, coordenador do cursos das áreas gerenciais da Fema.

 

bovespaBovespa

À tarde, os estudantes seguiram para o centro da capital e conheceram a Bovespa, a Bolsa de Valores de São Paulo, uma das principais do mundo.

“Acompanhamos um pouco da história do prédio e pudemos simular a comercialização de ações”, explica a professora Daniele Camargo. “Toda a teoria da sala de aula foi observada na prática”.

As visitas técnicas à Natura e à Bovespa demonstram o apoio da Fema e o incentivo da coordenação de Administração e Ciências Contábeis para oferecer uma formação mais abrangente aos alunos. “Essas iniciativas são importantes não só do ponto de vista acadêmico, mas também porque o aluno passa a ter uma percepção ampla de mercado, que vai além da região onde ele está inserido”, comenta o professor João Carlos da Silva.

 

LEIA MAIS NOTÍCIAS