Main Menu

Conheça a Fema

medsifilisCombate à Sífilis em Assis

Alunos elaboraram campanhas de prevenção à doença

Escrito por Silvio Moura

Assessoria de Comunicação Fema

 

Na última semana de abril, a Secretaria de Saúde de Assis e a faculdade de Medicina da Fema realizaram ações nas Estratégias de Saúde da Família, ESF, no combate à sífilis.

O trabalho de prevenção surgiu após constatação do aumento de casos de gestantes com a doença no município. A bactéria causadora é transmitida nas relações sexuais e também da mãe para o filho durante a gravidez.

Com esse cenário, os estudantes de Medicina da Fundação Educacional do Munícipio de Assis foram mobilizados e criaram diversas campanhas de prevenção da sífilis nas ESF onde atuam desde março.

Em Eldorado, uma peça de teatro foi apresentada. Na encenação, um médico conversa com marido e mulher gestante sobre a doença, suas causas e seus riscos. Ao final, os alunos acrescentaram mais detalhes ao público lembrando, inclusive, que a sífilis tem cura e que a melhor forma de preveni-la é o uso de preservativo.

Um dos primeiros sinais da doença é o aparecimento de pequenas feridas no pênis, vagina ou ânus. “Nessa fase primária da sífilis, a ferida muitas vezes desaparece, mas a doença continua ativa. Mesmo assim, é importante consultar um médico”, alerta a aluna Carolina Serapião Grejo, na unidade Eldorado. Quando não tratado, o quadro evolui e pode afetar o coração, o fígado e até o sistema nervoso central.

A sífilis pode ser detectada por meio de um exame simples. Uma amostra de sangue é coletada e analisada em poucos minutos. Na ESF Progresso, os alunos montaram uma estrutura na avenida Paschoal Santilli e, com a supervisão de um profissional da saúde, realizaram testes de sífilis e também de HIV nos pedestres e moradores de rua que passavam pela região.

As ações dos estudantes ocorreram nas 10 unidades que integram o projeto entre o Sistema de Saúde de Assis e a Fema. Além de Progresso e Eldorado, o trabalho aconteceu simultaneamente nas unidades de Bela Vista, Colinas, Vila Cláudia, Jardim Três Américas, Parque Universitário, Vitória, Cohab e Prudenciana.

 

ESF

A Estratégia Saúde da Família é uma evolução do Programa Saúde da Família, implantado pelo Ministério da Saúde em 1994.

Na cidade de Assis, o projeto teve início em 1995 onde as Unidades de Saúde da Família trabalham com território de abrangência definido e são responsáveis pelo cadastramento e acompanhamento da população.

A ESF é composta por um médico generalista, enfermeiros, auxiliares e agentes comunitários. Os profissionais trabalham não apenas no atendimento aos pacientes, mas também realizam atividades de prevenção e mapeamento das vulnerabilidades específicas de cada território.

 

LEIA MAIS NOTÍCIAS