SEMANA DE PREVENÇÃO

Main Menu

Conheça a Fema

FEMA CidadaniaEnfermagem participa de SIPAT em Palmital

 

Integrantes da Liga do Trauma, do curso de Enfermagem da FEMA, participaram da SIPAT na empresa Tereos, em Palmital-SP, atendendo 770 colaboradores, com testes de glicemia e aferição de pressão

 

Por Glauciana Nunes e Isabella Chiampi

Assessoria de Comunicação FEMA

 

O curso de Enfermagem da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) não só forma profissionais como também presta serviços para a comunidade de Assis e região. Em 26 de abril, integrantes da Liga do Trauma, grupo de alunos e professores que aplicam treinamentos, palestras e capacitações, estiveram presentes na empresa Tereos, em Palmital-SP, para realizar testes de glicemia e aferição de pressão nos colaboradores.

  

A ação fez parte da Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho (SIPAT), que idealmente deve acontecer em todas as empresas já que promove atividades direcionadas à prevenção de acidentes ou doenças ocupacionais, com orientações.

 

Da empresa, participaram 770 colaboradores para os testes de detecção da Síndrome Metabólica Diabetes Mellitus tipo 2 e Hipertensão Arterial. Ao final, foram emitidos pelos integrantes da Liga do Trauma documentos de pré-diagnóstico, indicando aos pacientes que fossem ao médico para seguir com diagnóstico e tratamento.

 

Hipertensão e Diabetes

A Hipertensão, comumente chamada de “pressão alta”, é a condição na qual o coração precisa bombear com muito mais força, por causa de entupimento ou contração das veias e artérias. Mais de 30 milhões de pessoas no Brasil são afetadas pela elevação da pressão, segundo o Ministério da Saúde, e apenas 10% fazem o controle adequado.

 

A diabetes melitus tipo 2 afeta como o corpo metaboliza glicose, já que a pessoa tem resistência ao hormônio que regula o açúcar no sangue e esse se acumula. A diabetes cresceu 61,8% nos últimos 10 anos entre a população brasileira, como mostra pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde em 2017, sendo as mulheres quem mais registram diagnósticos de diabetes.

 

Ambas as doenças crônicas preocupam os profissionais já que os sintomas podem demorar para aparecer e quando aparecem já são graves, como infarto ou derrame cerebral. As duas são ligadas à obesidade e ao sedentarismo, condições que cada vez mais afetam as pessoas no século 21. É de extrema importância manter os exames em dia para saber se está tudo bem, visitando regularmente um profissional da saúde e acima de tudo se preocupar sobre a prevenção das doenças, praticando exercícios e adotando uma alimentação saudável e equilibrada.

 

 

facebook logo

SIGA FEMA ASSIS

 

MAIS NOTÍCIAS DA FEMA

Back to top