Main Menu

Conheça a Fema

Camolesi Fabri Diomara ElianeMestrado de professora da FEMA aprovado

Trabalho usa HQs para especificação de requisitos de software

Escrito por Silvio Moura

Assessoria de Comunicação FEMA

 

A Fundação Educacional do Município de Assis segue estimulando e ampliando a qualificação de seu corpo docente. Agora, foi a vez da professora Diomara Martins Reigato Barros que teve sua dissertação de Mestrado aprovada.

“Meu trabalho vem no sentido de resolver lacunas na especificação de requisitos, de melhorar a comunicação entre cliente e desenvolvedor. É uma nova opção de documentação, sem substituir as formas tradicionais”, diz, referindo-se à sua pesquisa “A utilização de HQs na especificação de requisitos de software”.

Exemplo EspecificaçãodeRequisitoPara especificar requisitos, explica a professora, existem diversas formas de diagramas, porém nem sempre de fácil compreensão. “O cliente tem dificuldade de entender a linguagem por diagramas. A linguagem de HQ é mais fácil, mais acessível. É possível colocar detalhes, descrever ambientes”.

Orientada pelo professor doutor José Augusto Fabri, Diomara Barros realizou um trabalho de amplas pesquisas e testes com clientes. A professora, formada na própria FEMA, criou também uma gramática específica para analisar sintaticamente a linguagem utilizada nas histórias em quadrinhos.

Além disso, a profissional formatou um guia norteador para criação das HQs. “Não é somente colocar a historinha. O tema deve ser muito claro, os personagens definidos, o ambiente em que acontece e a problematização. O guia tem três atos: situar, problematizar e solucionar”.

A avaliação do trabalho aconteceu no dia 23 de janeiro, na Universidade Federal de Cornélio Procópio, a UTFPR, em banca formada pela professora doutora Eliane Galvão, da Unesp, e pelo professor doutor Almir Camolesi, da FEMA.

Diomara Barros atua no CEPEIN, o Centro de Pesquisas em Informática da FEMA, e leciona nos cursos de Ciências da Computação, Administração, Enfermagem e Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

 

 

MAIS NOTÍCIAS DA FEMA