Main Menu

Conheça a Fema

contabeis1 1Secretário da Fazenda de Assis faz palestra na Fema

Delegado do CRC-SP, Alexander Seródio falou aos alunos de Ciências Contábeis

Escrito por Silvio Moura

Assessoria de Comunicação Fema

 

Na quinta-feira, dia 10, o secretário da Fazenda de Assis Alexander Seródio ministrou palestra aos alunos de Ciências Contábeis da Fundação Educacional do Município de Assis - Fema. O evento contou também com o presidente da Aproc, Leandro Almeida.

Delegado do CRC-SP, o Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo, há oito anos, Seródio fez uma apresentação geral do órgão, mostrou o site da instituição, comentou sobre o exame obrigatório para exercer a carreira e destacou a importância dos contabilistas de estarem vinculados ao conselho.

“A regulação da área cabe do CFC, Conselho Federal de Contabilidade. Aos CRCs cabe a aplicação dessa regulação”. O secretário enfatizou questões éticas que envolvem o contabilista. “Temos que agir com austeridade, confiabilidade, transparência. Precisamos de pessoas com conduta adequada nas empresas e nos municípios em meio aos escândalos econômicos que vivemos”.

Atuando no mercado contábil há 18 anos, Seródio disse estar satisfeito com o nível atual de formação dos futuros profissionais. “Antes, os cursos eram muito mais técnicos. Hoje a universidade tem papel fundamental na formação de um cidadão”. O delegado elogiou o trabalho que é feito na Fema. “A fundação desenvolve um grande trabalho não só nessa área, como também na Tecnologia, Direito e agora na Medicina”.

contabeis2 2A palestra teve ainda a participação de Leandro Almeida, presidente da Aproc, Associação dos Profissionais de Contabilidade de Assis e Região, já comandada pelo secretário da Fazenda. Almeida explicou a necessidade de fortalecimento da classe contábil no intuito de alcançar mais representatividade.

“A grande dificuldade que temos é de trazer para o interior os benefícios sindicais e palestras e cursos restritos às capitais”. Almeida acredita que uma atuação mais efetiva de jovens egressos da faculdade contribuirá para o fortalecimento regional da categoria. “Queremos plantar essa semente em cada estudante para que ele busque cargos em entidades de classe. Só assim vamos conseguir benefícios pra o interior”.

Os palestrantes foram unânimes em relação ao mercado de trabalho. “Pra mim, é um campo que será explorado por décadas”, disse Leandro Almeida. Alexander Seródio concorda, mas observa uma carência no setor público. “Precisamos de pessoas com novas visões nesse setor. Nessa direção, tenho notado um crescimento do mercado de consultoria na área pública”.

 

    

LEIA MAIS NOTÍCIAS