Main Menu

Conheça a Fema

medicina secretaria tercaMedicina é recebida pela Secretária da Saúde

Denise Carvalho explicou como funciona o Sistema de Saúde de Assis

Escrito por Silvio Moura

Assessoria de Comunicação Fema

 

A secretária de Saúde Denise Fernandes Carvalho conversou com alunos da faculdade de Medicina da Fundação Educacional do Município de Assis nessa semana. A palestra aconteceu na sede da secretaria, na terça e quinta-feira. Participaram também parte da equipe gestora da saúde, o coordenador da graduação, Jairo César dos Reis, professores e preceptores.

O foco central do encontro foi proporcionar aos estudantes uma visão macro do Sistema de Saúde Pública do munícipio. Na abertura, Denise Carvalho destacou a importância dessa aproximação da Medicina da Fema com a Saúde de Assis. “Estamos plantando uma semente na saúde municipal. Precisamos de mais médicos clínicos”.

A secretária apresentou as principais ações desenvolvidas e lembrou que o SUS, o Sistema Único de Saúde, é muito mais do que atendimento aos pacientes. “Não é só consulta médica. É preciso trabalhar, coletar, levantar as informações dos pacientes na comunidade. O SUS faz controle alimentar, controle de água, vacinas”.

Assis atualmente conta com Unidade de Pronto Atendimento, Unidades Básicas de Saúde, Experiências Saúde da Família, Pronto Socorro e iniciativas próprias como o projeto Germinar.

medicina secretaria quintaEsses programas integram a rede da Atenção Básica, na qual a prioridade é trabalhar a prevenção e não somente o tratamento das doenças. “Precisamos levar ao médico clínico-geral todas as informações da comunidade. Buscar, registrar junto aos pacientes dados de problemas como hipertensão, diabetes, acompanhar gestantes e crianças”, ressalta a secretária da Saúde, que reconheceu a dificuldade de fazer esse trabalho. “A UPA não é ter só plantonistas. É fazer uma ponte com a Atenção Básica.”

A secretária também trouxe dados positivos do serviço de saúde municipal. “Em um ano, diminuímos em 28% o número de óbitos na Rede de Urgência e Emergência, e a mortalidade infantil caiu de 14% para 9%”.

A palestra com a secretaria Denise Carvalho deu sequencia à parceria entre a faculdade de Medicina da Fema e o Sistema de Saúde Pública municipal. Em março, os alunos passaram a conhecer as unidades da Estratégia Saúde da Família, ESF. Em 10 grupos com oito alunos cada, supervisionados por preceptores e professores, os estudantes vão às ESF uma vez por semana, visitam a comunidade, conversam com pacientes. O objetivo é que os grupos atuem no mesmo local durante os próximos quatro anos.

 

    

LEIA MAIS NOTÍCIAS